Schneider Weisse TAP 06 – Aventinus

Cerveja Tap 6

Análise sensorial do Chef Ronaldo Rossi

Lembro da primeira vez que tomei uma Schneider Weisse TAP 6 Aventinus, a primeira questão que me despertou a curiosidade foi a cor, linda cerveja avermelhada. Não posso dizer que dali pra frente tudo foi surpresa porque já era fan da cervejaria, mas posso assegurar que foi outro caso de amor à primeira vista.

Cerveja vermelha, com média turbidez, excelente formação e estabilidade da espuma cremosa. Aromas adocicados e frutados que lembram doce de banana, aquela bananada de avó. Sabor adocicado equilibrado com breve acidez. Final breve e retrogosto trazendo as mesmas notas sentidas no sabor.

Uma puta cerveja, além de um enorme potencial de gastronomia.

Descrição da cervejaria

Schneider Weisse TAP 6 Aventinus

A primeira Weizendoppelbock. Coloração rubi escura, quase preta. Tem espuma compacta, estável e duradoura. É bastante intensa e complexa no nariz e tem um aroma picante, que lembra chocolate, banana e uvas passas. O paladar experimenta frescor, com um toque de caramelo. No final, fica o sabor forte, redondo e recente, com um leve e delicado amargor.

Tipo: Weizendoppelbock (Trigo Forte Escura)
Fermentação: Superior em tanque aberto, com 2a fermentação na garrafa
Álcool: 8,2 %
IBUs: 16
Cor: Rubi-escuro
Harmonização: Harmoniza com carnes de caça como veado e carnes de panela tipo goulasch. Os queijos ideais são o roquefort e o gorgonzola. Também acompanha muito bem as sobremesas com chocolate.
Reconhecimento: Ouro no European Beer Star 2011, sendo eleita a preferia dos consumidores entre todos os estilos de cerveja)
100/100 pontos no RATEBEER
Embalagem: Garrafa 500mL

Veja a TAP 06 – Aventinus no Untappd

E também no Ratebeer