Schneider Weisse Aventinus Eisbock

cerveja schneider eisbock

Análise sensorial do Chef Ronaldo Rossi

A Aventinus Eisbock é uma cerveja diferente, mas antes de mais nada o diferente quer dizer incrível.

A Tap 6 é congelada e a água é removida, o que sobra é uma cerveja mais intensa, mais rica, mais alcoólica e mais doce.

Cerveja marrom, média turbidez, boa formação e boa estabilidade de espuma cremosa. Aroma alcoólico e complexo, trazendo notas adocicadas, levemente tostadas e condimentadas remetendo ao cravo. É doce, textura licorosa, alto aquecimento alcoólico, final marcante e alcoólico trazendo as mesmas características do aroma e sabor.

Não posso dizer que é uma cerveja para se tomar de balde porque é muito alcoólica para isso, mas é uma cerveja em que cada gota merece ser apreciada como se fosse a última.

Descrição da cervejaria

“Schneider Weisse Aventinus EISBOCK

A Aventinus que você conhece, ainda mais forte! Feita a partir da Aventinus Tap 6, passa por um processo adicional, onde é colocada em um tanque que tem bordas com temperatura abaixo de zero, fazendo com que a água nas beiradas congele. É utilizado somente o líquido restante do miolo. O resultado é uma cerveja ainda mais forte e intensa. Lembra ameixas maduras com um aroma de amêndoas e marzipan e mostra fortes aromas de banana e cravo. No palato, deixa impressão oleosa, forte e quente.”

Tipo: Eis-Weizendoppelbock (Trigo Forte Escura Maturada Gelada)
Fermentação: Superior em tanque aberto, com 2a fermentação na garrafa
Álcool: 12,0 %
IBUs: 15
Cor: Rubi-escuro, quase preto
Harmonização: Como digestivo após as refeições é delicioso, mas harmoniza de forma fantástica com crêpes suzettes, profiteroles com calda de chocolate puro, tiramisu e com queijo parmesão bem maduro.
Reconhecimento: 99/100 pontos no RATEBEER
Embalagem: Garrafa 330ml

Veja a Aventinus Eisbock no Untappd

E também no Ratebeer